"O amor não envergonha, não rejeita. O amor incita a crescer, inovar, criar.
O amor transforma, aflora sentimentos nobres".







 

terça-feira, 4 de maio de 2010

Voa Coração by Jade da Rocha






Voa Coração(Love Has no End Selections)


E por ondas dissonantes em tempo linear eu deixo meu coração voar.
Voar, voar sem destino e hora de chegar.
Pelas ondas onde eu passo não te encontro em lugar algum.
Talves este itinerário está fora de sintonia – endereço trocado, elaborado .

E vem um vento matreiro, me envolvendo por entre as nuvens/
como em um banho de espuma eu alcanço o seu universo.
E sem saber que estou a te olhar, meu coração palpitando...
...baixo o vôo em uma queda repente, chegando perto do seu calor.
Por entre os raios de sol toco seus lábios – beijos ardentes.
Ahhhh este seu cheiro de amor aumenta a minha dor.
Ahhhh este seu gosto de mar, só para me conquistar.


E continuo voando, voando noite adentro...
A noite fica tão longa e a distância aumenta.
A chuva miúda cai disfarçando as lágrimas de saudade, saudade do nosso amor.
Através do reflexo da lua na sua janela, eu vejo você só.

E continuo voando, voando...
Sem destino e sem hora de chegar.
Sem relógio ou hora de acordar.

Jade da Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário